-
Publicidade

MP recomenda que prefeito de Cruz da Almas suspenda nomeação de funcionários

12 de julho de 2018
204 Acessos

O Ministério Público Estadual recomendou nesta quarta-feira (11), que a prefeitura de Cruz das Almas anule, no prazo de 15 dias, a nomeação de todos os ocupantes de cargos políticos não eletivos, cargos em comissão e funções de confiança ou contratados temporariamente sob suspeita de nepotismo quando há favoritismo para com parentes na ocupação de cargos no poder público. 

O promotor de Justiça Adriano Marques explicou que fez a recomendação para o prefeito Orlandinho (PT) com base em informações que dão conta da existência de pessoas nessa situação estão integrando os quadros da municipalidade com suspeita de nepotismo. Confira a matéria completa no Correio 24hrs*

NEM TE CONTO

Megaoperação termina com 42 presos e drogas apreendidas
Mais noticias
0 shares5 views
Mais noticias
0 shares5 views

Megaoperação termina com 42 presos e drogas apreendidas

portbahiadez10 - 14 de novembro de 2018 - 11:12:08

Uma Operação batizada de “Anjos da Lei” acabou com 42 pessoas presas e mais de 50 quilos de drogas apreendidos…

Operação Proclamação da República vai até domingo em estradas federais da Bahia
Destaques
0 shares11 views
Destaques
0 shares11 views

Operação Proclamação da República vai até domingo em estradas federais da Bahia

portbahiadez10 - 14 de novembro de 2018 - 11:00:30

Vai até o próximo domingo (18) a Operação Proclamação da República em estradas federais da Bahia. A ação começou a…

Caixa suspende contratações na faixa 1,5 do Minha Casa, Minha Vida
Destaques
0 shares12 views
Destaques
0 shares12 views

Caixa suspende contratações na faixa 1,5 do Minha Casa, Minha Vida

portbahiadez10 - 14 de novembro de 2018 - 10:55:20

A Caixa Econômica Federal (CEF) suspendeu, por falta de recursos, a contratação de novas unidades do programa Minha Casa Minha Vida na…

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentarios sao de responsabilidade exclusiva de seus autores e nao representam a opiniao deste site.